Depilação com laser diodo

Depilação a Laser – Laser Diodo

O que você precisa saber:

A depilação com os LASERs é definitiva para a maioria dos pêlos tratados, mas o termo Depilação Definitiva não é apropriado, porque pressupõe que uma vez tratado nunca mais existirá qualquer pêlo. Isto é um Mito , erroneamente criado , porque nenhum equipamento de LASER ou LUZ PULSADA hoje disponível no mundo, é capaz de realizar uma depilação definitiva, de todos os pêlos, mas muitos equipamentos conseguem uma depilação definitiva da maioria dos pêlos e com a manutenção , se pode chegar muito próximo do ideal da Depilação Definitiva.

Podemos esperar com os tratamentos de Depilação com os LASERs, além de uma diminuição definitiva dos pêlos, mudanças favoráveis de suas características, com a pilosidade se tornando mais finas e mais claras e com menor índice de complicações como infecções e irritação da pele.

Na Clínica Medeor é realizado uma avaliação e orientação sobre Laser Diodo pelo médico de forma gratuita, com propósito de dar esclarecimentos e informações referentes ao tratamento. Ressaltando que não compreende uma consulta médica. ( A gratuidade se restringe exclusivamente a avaliações para depilação)

Como é seu mecanismo de ação?

O feixe de luz emitido pelo aparelho na região aplicada, ultrapassa a pele e atinge unicamente os bulbos pilosos, essa energia é transformada em calor e destrói o crescimento das raízes e ainda elimina os temidos pelos encravados.
As fases de crescimento do pêlo.
O pêlo tem um ciclo de crescimento.
Este ciclo de crescimento do pêlo tem 3 fases, chamadas fases de crescimento.

As Fases de Crescimento do pêlo são a Anágena ( crescimento) , a Catágena ( intermediária) e a Telógena ( repouso).
Os pêlos de uma determinada região estão em diversas fases de crescimento.
Na fase Anágena, os pêlos estão muito próximos da parede do folículo piloso, que é mais estreito. Nas outras fases os pêlos estão mais separados da parede do folículo.
Os pêlos só são melhor eliminados na fase Anágena, quando existe uma maior concentração de Melanina e contato com as estruturas do folículo piloso o que permitem a sua destruição.
Por esse motivo são necessárias várias aplicações em intervalos distintos para cada região. À cada aplicação uma parte dos pêlos e da capacidade de produção de novos pêlos é eliminada. Nas sessões subsequentes, é conseguido um resultado cada vez melhor.
O Médico não vai poder dar uma estimativa exata, mas a sua experiência, avaliando o paciente, poderá dar uma programação muito aproximada dos resultados e numero de sessões esperados.

O tratamento é indicado para quais regiões?

A depilação a laser é indicada para todas as regiões do corpo, com exceção da sobrancelha, pois há riscos de ficar irregular. Quanto mais grossos e escuros forem os fios, melhor e mais efetivo, será a depilação.

Como é o tratamento?

O tratamento é realizado por sessões, em média de 6 a 8 sessões, com intervalo de trinta dias entre cada sessão. São reduzidos de 70 à 80% dos pêlos, os pêlos restantes se tornam ralos e finos, podendo exigir uma sessão anual de manutenção. Mas vai depender da genética do paciente, da área depilada e da espessura do pêlo.

Alguns pacientes devido a problemas hormonais inerentes, serão necessárias mais sessões para conseguir melhorar o resultado.

A duração de um tratamento individual pode ser de alguns minutos a 1 hora ou mais, e vai depender da área a ser tratada. O número de tratamentos requerido depende de vários fatores relacionados a tipos específicos de pêlo e de pele. Assim é que o tipo de pele, a cor do pêlo , a espessura do pêlo, as áreas a serem tratadas e o número de pêlos em cada fase de crescimento e que vão determinar o número de sessões.

A Classificação está baseada na cor da pele e na reação a exposição solar. Esta classificação é a utilizada hoje para a programação dos tratamentos a LASER e LUZ PULSADA, porque ela permite a calibração dos equipamentos em níveis de energia seguros para cada tipo de pele.

Tipos de Pele – Classificação de Fitzpatrick

Tipo de pele

Descrição:

Tipo I

Pele muito clara , sempre queima, nunca bronzeia

Tipo II

Pele clara, sempre queima e algumas vezes bronzeia

Tipo III

Pele menos clara, algumas vezes queima e sempre bronzeia

Tipo IV

Pele morena clara raramente queima e sempre bronzeia

Tipo V

Pele morena escura, nunca queima e sempre bronzeia

Tipo VI

Pele negra, nunca queima, sempre bronzeia

Assim é que o médico vai determinar o tipo de pele, bem como a energia e o equipamento a ser utilizado.

Peles mais claras, com pêlos mais escuros e negros tem resultados mais rápidos, Quando a pele tende a ser mais escura, existe a necessidade de se utilizar energias menores, para evitar o dano à pele, e assim se perde eficiência, tornando os tratamentos mais demorados. O mesmo acontece com pêlos mais claros, e mais finos. Estes tipos de pêlo absorvem menos energia, tornando o tratamento mais demorado.

Se existem mais pêlos em fase inicial de crescimento o tratamento será mais efetivo, se existem menos pêlos nestas fases, ele será mais demorado .

Assim , não é possível determinar um número exato de sessões para o resultado, mas durante a consulta inicial o médico vai avaliar e discutir facilidades e dificuldades e fazer uma estimativa, que embora não exata, permite uma programação do tratamento. De qualquer forma deve estar claro para os pacientes, que várias sessões serão necessárias, e isto varia de região para região do corpo e de paciente para paciente.

O tratamento é doloroso?

No momento da aplicação o paciente pode vir a sentir uma sensação de ardor,calor, ou dor e a duração vai depender da área, da quantidade, da espessura, da cor dos pêlos e da sensibilidade de cada paciente.

Qual é o tempo de aplicação?

O tempo da aplicação varia conforme a região a ser tratada, são necessários em média 15 minutos até 1 hora, dependendo da área.

Orientações pré e pós-aplicação do laser:

Fotografia antes e depois do tratamento.
Não usar despigmentante por 3 dias antes e 3 depois da aplicação.
Vir sem maquiagem para o tratamento e avisar o uso de maquiagem definitiva.
Vir com o cabelo preso.
Não usar perfume no dia do tratamento.
Recomenda-se ao paciente não tomar sol 30 dias antes de cada sessão e 30 dias após.
Não extrair o pêlo da raiz com ( cera , pinça e outros), ao menos 30 dias antes do tratamento e durante.
Depilar com gilete a área a ser tratada no dia da aplicação e entre as sessões.
Não estar com a pele bronzeada artificial ou naturalmente.
Usar bloqueador solar FPS 30.
Aplicação de cremes com propriedades anti-inflamatórias e despigmentantes em alguns casos, conforme orientação médica.
Retorno em 1 e 3 semanas.
Evitar banho muito quente, exercícios aeróbicos, massagens afim de prevenir trauma da área tratada.
Os pêlos permanecerão crescendo por 10 à 15 dias, até caírem.
Seguir a prescriço.
Contra-indicações

Gravidez;
Puerpério com amamentação;
Doenças auto-imunes e do Colágeno;
Doenças dermatológicas (vitiligo, lúpus, psoríase, etc.);
Doenças endocrinológicas e/ou ginecológicas;
Herpes ativa (simples ou zoster);
Bronzeamento
Efeitos Adversos

Eritema;
Ardor ou queimação;
Hipocromia (mancha branca);
Hipercromia (mancha escura);
Crostas Hemáticas Epidérmicas;
Complicações

Um preparo pré-procedimento e orientação são fundamentais para evitá-las.

Bolhas
Cicatrizes
Outras